Citado em delação de Machado Henrique Alves cai fora do turismo

Reprodução
Após ser citado no acordo de delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado como beneficiário de propina, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), pediu demissão do cargo na tarde de hoje (16).

O peemedebista é alvo de um inquérito em curso no Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga políticos suspeitos de envolvimento na Lava Jato. o ex-presidente da Transpetro, em depoimento à Procuradoria Geral da República (PGR), relatou ter repassado a Henrique Alves R$ 1,55 milhão em propina entre 2008 e 2014.

Alves é o terceiro ministro de Henrique que cai em pouco mais de um mês de gestão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI