Vereadores de Galinhos afastam prefeita e dão posse ao vice-prefeito Fabio Rodrigues

Os vereadores do município de Galinhos aprovaram a cassação da prefeita Josineide Cunha de Medeiros (PSD) em sessão legislativa realizada na manhã desta segunda-feira (16). O motivo do afastamento são supostos crimes apontados pela Comissão Especial de Investigação (CEI), entre elas a emissão de 30 cheques sem fundos. O vice-prefeito Fábio Rodrigues (PRB) assume o cargo de prefeito da cidade.

Em sessão movimentada e prestigiada pela população, no plenário da Câmara Municipal de Galinhos, Josineide Cunha de Medeiros foi afastada do cargo de prefeita pelos vereadores da cidade após a conclusão dos trabalhos da Comissão Especial de Investigação (CEI), que identificou irregularidades cometidas pela chefe do poder executivo. Antes de ser afastada, a prefeita ainda tentou, sem sucesso, suspender o trabalho da CEI, mas a justiça negou e por duas vezes determinou que a Câmara Municipal mantivesse os trabalhos de investigação.

Após o afastamento e o envio da notificação a Josineide Cunha, os vereadores deram posse ao vice-prefeito, agora novo prefeito da Galinhos, Fábio Rodrigues. "Cumprirei meu dever com serenidade. Vamos unir a população de Galinhos numa força tarefa para recuperar o tempo perdido. Inicialmente queremos conhecer as finanças do município e dar total transparência à população. Enquanto isso, trabalharemos dobrado para deixar todos os serviços essenciais funcionando de forma satisfatória", destacou o prefeito empossado.

O vereador Marcio André da Silva Vale, que fez a leitura do relatório recomendando o afastamento da prefeita, enfatizou que os parlamentares agiram no estrito cumprimento da Lei, realizando todos os procedimentos previstos. "São crimes gravíssimos que não poderiam passar impunes. Estamos agindo dentro da Lei e de acordo com os anseios da população que não suporta mais tanto descaso", destacou o vereador.

A Câmara Municipal de Galinhos expediu ofícios informando da decisão de cassação da prefeita à Justiça Eleitoral, ao Ministério Público Estadual para conhecimento, e ao vice prefeito Fabio Rodrigues para que o mesmo assuma as funções de prefeito da cidade.
A carta comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI