Pular para o conteúdo principal

Se o prefeito Flaviano desse aumento não teria como manter a folha de pagamento em dia

Quando o FUNDEB foi criado, no caso especifico do Apodi, ele dava para pagar o FUNDEB 60 (professores) e o 40 (ASG e Técnicos das escolas). Hoje ele não paga mais os 60, sempre deixando débitos que o município do Apodi tem que completar com recursos próprios.

Vejamos a realidade do FUNDEB do primeiro quadrimestre de 2016 em Apodi. Janeiro, Fevereiro, Março e Abril/16 entrou R$ 3.367.276,43. A Folha do FUNDEB 60 nesses Quatros meses custou R$ 3.697.241,84. Simplesmente houve um déficit de R$ 329.975,26 para o quadrimestre.  Nestes dados Estão incluído o décimo terceiro salários de 81 professores que aniversariou nesses meses, além do terço de férias.

Sem falar no FUNDEB 40 que a prefeitura do Apodi está pagando com recursos próprios. Como fazer para dar aumento? O dinheiro está cada vez mais escasso com as constantes quedas de receitas. Uma saída seria diminuir o custeio da máquina pública. Se não diminuir custeio a prefeitura vai ter dificuldades de pagar a folha em dia.

Uma realidade escabrosa. Isso porque o que já foi reduzido de custeio da folha aqui em Apodi não está no gibi, algo nunca acontecido antes. Para os senhores ter uma ideia, na gestão que antecedeu a do prefeito Flaviano, a quantidade de comissionados passava de 200 incluindo os Diretores de Escolas. Hoje, na gestão de Flaviano, não chega a 100 comissionados incluindo os diretores de escola e, com salários, menores em relação a gestão anterior. Isso é só um exemplo.

Quer mais exemplo de redução de gasto feito na gestão de Flaviano? A atual gestão diminui os gasto com combustível, energia, água, telefone, funcionários que moravam em outras cidades foram demitidos ou pediram licença de 2 anos sem remuneração. Todo dia a gestão corta despesa para se adequar a realidade.

Os funcionários estão sem reajuste. É justa as reivindicações dos mesmos por reajuste. Porem do jeito que está, baseando-se pelos dados do FUNDEB Janeiro, Fevereiro, Março e Abril/16, se esse aumento ocorrer não terá como manter a folha em dia. Que realidade complexa a nossa rapaz. Isso é o que chamo de se estar entre a cruz e a espada. 

Comentários

  1. Na realidade professor não é aumento é apenas um reajuste salarial que faz três anos que não temos. É o nosso direito sendo desrespeitado.

    ResponderExcluir
  2. Mais se quiser pode

    ResponderExcluir
  3. Toinho existe os outros funcionarios de outras classes que estao sem reajuste ha 3anos e o fundeb pode ser retirado de limete prudencial assim o prefeito queira. falta de vontade do mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SERÁ QUE PODE MESMO? O REAJUSTE É JUSTO, MS TALVEZ ISSO QUE VOCÊ FALOU NÃO SEJA VERDADE. TAI O PROBLEMA SERIO DE PESSOAS QUE FAZEM PARTE DA OPOSIÇÃO. APROVEITAM OS PROBLEMAS SÉRIOS DO MUNICÍPIO PARA FICAR MENTINDO. E COMO MENTEM PARA CONFUNDIR E VOLTAR AO PODER. TIVERAM A OPORTUNIDADE, FIZERAM UM PLANO DE CARGOS CARREIRAS E SALÁRIOS E NÃO PLANEJARAM AS FONTES DE RECURSOS.

      Excluir
  4. mais enquanto eles estavam no poder pagaram, tinha recursos,e flaviano sempre sempre incentivava os funcionarios a fazerem greve por aumento,e porque agora ele não dá

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio