Pular para o conteúdo principal

Por que os crimes processos de políticos do PMDB muito raramente vão à frente no Brasil

Foto ilustração
Nos áudios de Jucá (PMDB), fala-se em sangria da lava jato. Renan (PMDB) fala em mudanças no transmite das deleções que tem sido o cerne da Operação. No áudio gravado por Machado, Renan sugere que deleções de presos não sejam válidas. Algo dessa natureza.

Indícios realmente mostram que a conversinha de Temer (PMDB), em dar apoio a lava Jato não passa de balela do presidente interino. Indícios começam a pontar que o PMDB muito supostamente chegou ao poder para barrar a lava jato. Tomara que minhas impressões esteja equivocadas.

Incrível o que ocorre com os processos e crimes contra os políticos do PMDB quando fazemos um paralelo com os demais partidos. Os crimes e os processos dos políticos de outros partidos geralmente não andam, voam. E quanto menores eles forem mais rápido. Os processos do políticos de outros partidos me lembram o ato conjugal do casalzinho novo. Do tipo mais ou menos assim: “– Ai amor, vai ser tão bom, não foi?”.

Os processos dos políticos do PMDB não. É muito diferente. Haja tempo. O tempo vai, o tempo vem. Vai ano vem ano. E seus processos não saem das gavetas. Prazos inspiram. Processos se extinguem e os processos, em boa parte dos casos não resultam em nada.

A impressão é que o mesmo acontece nos municípios. Em vários municípios espalhados pelo Brasil, em prefeituras. Processos de desvios de gestores do PMDB, tipo desvio na aplicação de recursos em obras, quando chega a tribunais morrem. De igual modo prazos inspiram, processos e investigações perdem a validade e nada de concreto é feito.

O pior, já presenciei, em certos municípios, após órgãos de fiscalização sérios como a CGU constar extravio em recursos de obras, ex-gestores irem a rádios tentar botar a culpa em seus sucessores pelos desvios que sua gestão é que cometeu. Se usa muito de expediente que deixou o dinheiro em caixa. Bom, é verdade. Mas, com extravios.

A impressão que dar é como se, para os políticos do PMDB houvesse uma campânula de vidro os protegendo, um escudo protetor, uma muralha praticamente intransponível quando o assunto é julgar e punir seus malfazejos políticos. E tem nesse partido viu.

O que é preciso para que desmando de políticos do PMDB nesse país sejam punidos pelas autoridades competente? O que que eles tem que os outros não tem? O que acontece? Qual o problema? O será que tudo isso é apenas minha impressão? 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E Alanzinho inaugura a primeira grande obra do seu governo

Uma vez a praça pronta - a parte mais difícil, diga-se de passagem - um parque viria complementar tão grandiosa obra.
A bacurauzada (como é conhecida a militância do PMDB por aqui) do Apodi vai, hoje (21), esquecer a praça, se regozijar e irá focar todo seu olhar, carinho e atenção no parque. Muito bonito, por sinal. Com certeza garantia de muitos sorrisos nos rostos das crianças daqui para frente. 
O Governo Alan Silveira (Alanzinho - como é carinhosamente chamado), inaugurará o parquezinho infantil da praça no dia de hoje. A primeira obra do seu governo. Muito bom para início. Vão logo começando a contar, temos certeza que muitas outras virão. Parabéns prefeito.

Zé Maria anuncia rompimento com o grupo do PCdoB

A partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB. Tivemos um grupo até ganhar a eleição, depois, o boicote e o isolamento promoveu o desgaste”. Com essas palavras o ex-prefeito do Apodi, José Maria da silva, anunciou a esse blogueiro em entrevista na noite de ontem (29), o rompimento com o grupo do PCdoB aqui do Apodi.
Zé Maria nos afirmou que algumas pessoas estão achando, por exemplo, que a indicação do hospital foi um consenso de toda a oposição. Mas ele afirma que não foi bem assim. “Gostaria de esclarecer que não tive nenhuma participação nessa indicação. Eu, com o apoio de todos os vereadores de oposição, estava definindo um nome, porém a liderança do PCdoB não respeitou e fez a indicação de maneira isolada, desrespeitando a todos nós”, explicou Zé Maria. “Diante disso e de outras situações desagradáveis que passei (sem externar, em defesa da unidade), a partir de agora não partilharei de nenhum projeto ao lado do PCdoB”, continuou. “Tivemos um grupo até ganh…

POLICIAL: Assalto no sitio Santa Cruz

Hoje (07), pela manhã, um assalto foi registrado no Sítio Santa Cruz, zona rural do Apodi.
Dois jovens estava visitando o sítio e tiveram sua moto Honda/CG 125 FAN KS, Placa NNZ6574 de cor vermelha, Apodi subtraída quando retornavam à cidade. 

Segundo informações, os assaltantes não exibiram armas, só insinuaram que estavam armados botando a mão no bolso. Quem tiver informações da moto com as credenciais acima acionar a polícia.