Pular para o conteúdo principal

POLICIAL: Médico do Samu atira em colega e se mata em seguida

Deives de Oliveira já foi secretário de Saúde do município.
Fotos: Reprodução facebook
Um caso de homicídio seguido de suicídio está deixando a cidade de Piracicaba (SP) estarrecida. Um médico atirou no outro e depois se matou no refeitório do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), por volta das 11 horas desta terça-feira (24).

De acordo com informações do portal G1, o clínico geral Jorel Bottene disparou pelo menos quatro tiros em Deives Dias de Oliveira, coordenador da Central de Vagas do Sistema Único de Saúde (SUS) do município. 

Bottene não estava escalado para trabalhar nessa terça, mas mesmo assim foi até a unidade do Samu e, no refeitório, disparou em uma das pernas, no tórax, no abdômen e também na cabeça de Oliveira. Em seguida, atirou no próprio peito. Os colegas de Samu chegaram a socorrê-lo e levá-lo até a Santa Casa da cidade, mas ele morreu no caminho.

Jorel Bottene aparece em fotos ao lado da família
Até o momento, não ficou esclarecido o motivo do assassinato. De acordo com o site de notícias locais Novo Momento, eles teriam tido discussões recentes e desavenças pessoais. Porém, o secretário de Saúde de Piracicaba, Pedro Antonio de Mello, afirmou ao G1 que não havia registro de conflitos entre eles no trabalho. “É muito triste. Nada que possa ter acontecido justifica essa tragédia”, completou.

No trabalho, Jorel Bottene era subordinado de Deives Oliveira. Como diretor técnico, Oliveira chegou assumir interinamente a Secretaria de Saúde municipal, no ano de 2013. Na época, acumulou as duas funções nas área de saúde da cidade paulista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio