POLICIAL: 'Covardia', diz pai de taxista baleado por bandidos na Zona Sul de Natal

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi
"O que eu espero é que ele seja preso, que ele pague e que ele diga porque ele fez isso com meu filho, porque meu filho não merece não. Foi covardia. Covardemente ele atirou". Foi com a voz embargada que o pai do taxista baleado na Zona Sul de Natal na madrugada deste domingo (15) falou sobre o bandido que atirou no filho. O crime aconteceu na Avenida dos Xavantes, no conjunto Cidade Satélite.

De acordo com uma testemunha que preferiu não se identificar, o taxista havia pego um casal de passageiros em uma boate da Zona Sul. A suspeita é que esse mesmo casal tenha cometido o crime.

"Não levaram nada dele, a gente acredita que não foi um assalto porque senão teriam levado pertences dele ou o carro. O que aparenta é um acerto de contas, mas a gente acha que ele foi confundido com outra pessoa”, disse o homem.

O caso está sendo investigado pela 11ª Delegacia de Polícia Civil. Segundo a delegada Danielle Filgueira, a polícia está realizando buscas e está definindo as linhas de investigação. "Nós estamos trabalhando com duas possibilidades. Tanto um crime passional, no caso da tentativa de homicídio, tanto em relação a uma tentativa de latrocínio", disse a delegada.

De acordo com a assessoria de comunicação do hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, o taxista passou por duas cirurgias. Ele está inconsciente, sedado e fica internado por tempo indeterminado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!