O PSD cagou no pau

Quando eu era criança pequena lá no Apanha Peixe, quando alguém queria expressar a bobeira que outra pessoa deu, se dizia que a pessoa “cagou no pau”. Pois então muito bem. Se existe um partido que “cagou no pau” com o impeachment de Dilma foi o tal do PSD.

Com Dilma, o PSD tinha o ministério da cidades a sua disposição. A pasta do ministério das cidades é uma das mais desejadas da Esplanada: controla orçamento robusto e políticas com forte apelo eleitoral, como o programa Minha Casa Minha Vida. 

Kassab sai do governo Dilma para apoiar o impeachment de Dilma e consequentemente, apoiar Temer. Só que o partido, pelo desenrolar dos acontecimentos lá por Brasília, agora está fora da disputa pelo Ministério das Cidades, que foi ocupado por Gilberto Kassab até a véspera da votação do impeachment no plenário da Câmara. Agora o ministério das cidades, que o PSD queria continuar ocupando, muito provavelmente será ocupado pelos tucanos.

Com as negociatas em torno do impeachment, todos os partidos que orientaram a bancada a votar pelo impeachment aumentarão a participação na Esplanada. Menos o PSD. Ou seja, como diziam meus conterrâneos da minha saudosa terra natal, o Apanha Peixe/Caraúbas: o PSD cagou no pau, se deu mal. Kassab dormiu de touca, se finou, pisou na bola, vacilou. Rsrsrsrsrsrsrs.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!