CIDADES: Afastamento da prefeita de Galinhos por emissão de 30 cheques sem fundos será votado na segunda-feira

Município arrecadou mais de R$ 10 milhões, mas vereadores apontam deficiência nos serviços prestados

Os vereadores do município de Galinhos votarão, no próximo dia 16 de maio (segunda), às 10 horas, no plenário da Câmara Municipal, o afastamento da prefeita da cidade, Josineide Cunha de Medeiros, por supostos crimes apontados em Comissão Especial de Investigação (CEI). Entre outras suspeitas, a que mais pesa é a de que a gestora teria emitido 30 cheques sem fundos, descobertos após denúncia feita por moradora da cidade. A realização da sessão que apreciará o afastamento está assegurada pela Justiça, que negou pedido de liminar requerido pela chefe do executivo de Galinhos tentando suspender o tramite processual da CEI e o seu julgamento.

Esposa do ex-prefeito e ex-tesoureiro da Prefeitura Ricardo Araújo, a prefeita Joseneide Cunha de Medeiros vem sofrendo grande desgaste administrativo. A população e os vereadores apontam descaso, denunciam falta de aulas, ausência de transporte escolar, escolas sem estruturas e a merenda de péssima qualidade. Na Saúde, reclamam a falta de medicamento e de consultas com especialistas. A precariedade da iluminação também é reclamação da oposição. Os vereadores apresentaram relatório mostrando que o município de Galinhos arrecadou mais de R$ 10 milhões em 2015 e mesmo assim denunciam que as inúmeras falhas nos serviços públicos municipais.

A denúncia que pode originar a cassação da prefeita de Galinhos foi feita pela moradora Andreia Maria Chaves Pimentel e chegou a Câmara de Vereadores com uma cópia anexada de um cheque devolvido por insuficiência de fundos. O presidente da Câmara, vereador Afrânio Reis (PR), solicitou ao Banco do Brasil cópias de cheques da prefeitura devolvidos pelo mesmo motivo.

A surpresa veio quando o banco informou que já eram 30 os cheques sem fundos emitidos pela administração municipal, assinados pela prefeita Josineide Cunha de Medeiros e o tesoureiro Ricardo Araújo. A CEI é composta pelos vereadores Alexandre Wendel de Lima Ribeiro (PMDB), Márcio André da Silva Vale (PSB) e Vanuelbe Lima da rocha (PTB).
A carta comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

RETROSPECTIVA 2013/ 2016: APAMI e a gestão de Castelo

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI