Maranhão amolece e revoga decisão de anular sessão de impeachment

Não teve jeito. Bombardeado por uma pressão insustentável, Maranhão amoleceu – Estou falando de Valdir Maranhão, tá, presidente interino da câmara – voltando atrás na decisão de anular a sessão da câmara que aprovou o impeachment da quase ex-presidente Dilma.

Mas também se o cara não tivesse voltado atrás, ele iria ser cassado essa semana mesmo pela câmara dos deputados, tamanha foi a revolta de todos a favor do impeachment por lá.

Agora, paremos um pouquinho e avaliemos um fato. Maranhão, se não tivesse voltado atrás, tenho a sensação que iria ser cassado essa semana. Os processos contra Eduardo Cunha, presidente afasta da câmara, rolam por lá desde outubro de 2015 e não sai do canto abençoado pelos deputados e pelo conselho de ética. Precisou o Supremo dar andamento ao seus trabalhos no processo contra Cunha para o mesmo poder ser afastado. Hilário tudo isso. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Após falta de atendimento pelo poder público gestante no quinto mês de gestação recorre ao Vereador Charton Rego

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região

Sem ter o que comemorar, Prefeitura de Apodi encerra ano entregando pintos