EM TEMPO: Dupla vencedora nas eleições da CMA são réus em processos do MP/RN

Tenho achado o trabalho da câmara municipal do Apodi tão repleto de hipocrisias na atualidade que até deixei de acompanhar. Ouvir o discurso, as ações e o trabalho de certos edis estava me dando náuseas, fazendo mal a minha saúde. Tanto é que não estou tendo estomago para acompanhar.

Mas, mesmo assim, um fato que me chamou atenção na última sessão ontem (19), quinta, é que a dupla que mais recebeu votos dos colegas: Filho Neto (PPS), mais novo presidente e, Ângelo Suassuna (SDD), o mais novo 1º secretário da Câmara, são réus no processo do MP/RN na operação apostolo.

Segundo denúncia do MP remetida do TJ, ambos os vencedores cometeram crime de peculato na chamada operação apóstolo deflagrada pelo MP, que apurou dentre outras irregularidades, forte desviou de combustível na CMA.

Segundo a enciclopédia jurídica, peculato diz respeito a crime que consiste na subtração ou desvio, por abuso de confiança, de dinheiro público ou de coisa móvel apreciável, para proveito próprio ou alheio, por funcionário público que os administra ou guarda; abuso de confiança pública.

Bom. O que dizer? Por isso que já falei aqui outra postagem: "Eu não que mas nenhuma chance, que não quero mais revanche". Não adianta, sabe... Felicidades aos vencedores. Boa sorte. Para nós todos. Né? 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FESTA: Rio Apodi amanheceu de barreira a barreira, lagoa do Apodi tomando muita agua

EITA PIULA: Ex-secretário de turismo Júnior Costa desmente matéria da assessoria de Alan e mostra provas

NATUREZA: Praticamente 10 anos depois a Lagoa do Apodi volta a ter um grande volume d’água