Alves ou sua assessoria ainda envia e-mail como se fosse ministro do turismo

Clique para ampliar
Ontem (03), o ex-ministro do turismo, Henrique Alves, enviou e-mails a imprensa do RN com nota sobre a inclusão do seu nome entre os investigados da lava jato. Até ai nada de estranho. Precisa enviar mesmo.

O estranho, é que, no e-mail, no rogada pé, o ex-ministro ou seus assessores, colocam como fonte o Ministério do Turismo. O que ele não é mais. Alves pediu demissão do cargo duas semanas antes da votação do impeachment de Dilma na câmara. O ex-ministro agora pleiteia o cargo de chefe da casa civil do governo Temer. 

Achei estranho o fato do ex-deputado e ex-ministro enviar e-mails como se ainda fosse ministro turismo. Curioso. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ABERRAÇÃO: Quem votou contra e quem votou a favor de mais desperdício de recursos públicos?

Diretora administrativa da maternidade Claudina Pinto pede demissão

EM TEMPO: Reunião da APAMI – As contradições do chefe do executivo

NOTA DE REPÚDIO AO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE APODI

Zelo pelo recurso público né? Sei!