Pular para o conteúdo principal

SECRETARIA DE AGRICULTURA: Nota de esclarecimento

MATADOURO PÚBLICO DE APODI

Na manhã de hoje (05), estivemos dando continuidade no trabalho de limpeza do Abatedouro Municipal de Apodi, este que é feito semanalmente.

Na última semana, recebemos várias denúncias sobre as condições das instalações daquele espaço, que é de responsabilidade do Poder Público. Fomos matéria de blogs e jornais. Todos já sabem das nossas dificuldades em gerir um espaço tão complexo como aquele. Bem sabemos que a organização do Matadouro Público não está apenas na parte de higienização, está muito mais na parte de conscientização da sociedade em contribuir de forma construtiva com aquele espaço, e não falamos em "construir" especificamente no sentido etimológico da palavra, mas sim no sentido de colaborar na constituição de um espaço saudável e de respeitável convivência.

Nós acreditamos que através do empoderamento das pessoas é que conseguiremos de fato construir um espaço de organização social, democrático e higiênico, porém naquele espaço hoje há um emaranhado de vícios e ações que colaboram para a sua deterioração. Ações até mesmo premeditadas (politiqueiramente) para travar o sistema organizacional que lá estamos implantando, visto que muitos dos vícios foram bruscamente interrompidos.

Semanalmente estabelecemos um dia para realizar a limpeza geral, nos currais, nas fossas, nos equipamentos, muros e setores internos do Matadouro. Mas pasmem, não há sequer um cadeado que seja respeitado, centenas de metros de correntes e cadeados já foram arrombados, e acreditem, muitas das vezes, por pessoas que são beneficiadas diretamente com aquele espaço. Houve uma ocasião até que o muro do Matadouro foi derrubado, alegando que este, estava com os portões fechados.

Bom, diante de tal situação, só nos resta continuar lutando para tornar aquele espaço um lugar de respeito e de ordem. Foi elaborado um plano de ação para enfrentar essas dificuldades, e a partir de hoje sairemos do silêncio e daremos publicidade a essas ações, visto que a sociedade precisa saber quem de verdade está colaborando para a real organização do Matadouro Público de Apodi.

Continuem denunciando, as denúncias nos ajudam a chegar onde os problemas estão realmente acontecendo. Qualquer denúncia, desde que seja fundada nos ajuda a chegar as soluções possíveis.

Atenciosamente,

Jerlandio Moreira
Secretaria de agricultura do município do Apodi

Comentários

  1. Nota de esclarecimento.

    Esclarecer o que cara pálida? a limpeza do abatedouro é OBRIGAÇÃO.

    Agora se ele está insinuando que existe sabotagem, tem que apurar e provar. Um secretário é para gerir, e tem poder disciplinar para punir os que ele está acusando, e não ficar com picuinha e fofoquinha na internet.

    gostei do "empoderamento".

    ResponderExcluir
  2. Não precisa esclarecer nada rapaz, se o caso é de sua competência não espere alguém reclamar pra poder realizar o serviço.É obrigação sua (do Secretário a que foi designado). Existem outros casos que a população vem reclamando há tempo.

    ResponderExcluir
  3. Mas, por acaso, não existem alguém para vigiar aquele local? Por que não coloca? Deveria haver, já que se trata de um espaço público de grande relevância. Desculpe, eu não conheço o local, mas falo em nome de todos os consumidores de carne do Apodi, pois é ali que os animais são abatidos.Esperamos que haja, pelo menos higiene!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio