Provável Futuro ministro da casa civil de Temer, Henrique Alves, é enquadrado em blitz da lei seca pelo invocado capitão Styvenson

Henrique Alves tem CNH retida após se negar a soprar bafômetro em Natal.

CNH de Henrique Eduardo Alves foi retida durante blitz da Lei
Seca realizada em Natal
O ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves (PMDB) se recusou a fazer um teste de bafômetro ao ser parado em uma blitz realizada pela Polícia Militar e Detran na madrugada desta quinta-feira (21) na Zona Sul de Natal. "Como não soprou o aparelho, a carteira de habilitação dele ficou retida", afirmou o capitão Styvenson Valentim, coordenador da Operação Lei Seca no estado. Seis policiais militares também foram autuados.

Ainda segundo o capitão, Henrique Alves tem até cinco dias úteis para ir ao Detran reaver o documento. "Sem o teste do bafômetro não ficou comprovada a ingestão de bebida alcoólica. Assim, ele não vai responder criminalmente. Mas, ele ainda vai responder administrativamente e vai pagar multa de R$ 1.915,40", explicou Styvenson. O G1 tentou falar com a assessoria de Henrique, mas não conseguiu contato. 

Ainda de acordo com o capitão, a blitz realizada na madrugada terminou com 16 pessoas presas e 132 CNHs recolhidas. A fiscalização aconteceu na rotatória da avenida Engenheiro Roberto Freire com a Rota do Sol, via de acesso às praias do litoral Sul potiguar.

Um carro oficial do Estado foi apreendido. O veículo era conduzido por um policial militar, que também foi autuado por ser recusar a soprar o bafômetro. PMs da Paraíba, Pernambuco e de Brasília também irão responder administrativamente.

Lei Seca
As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue. Continue lendo...
Nota do Blog
Oh capitão velho arrochado esse Styvenson. Não escapa ninguém de suas mãos

Comentários

  1. Parabéns capitao por multar o ex deputado e 6 policiais miltares, a lei tem que ser pra todos, é de gente assim que o brasil precisa nao de fanáticos que defende quem nos rouba querendo que prendam o juiz. É por isso que ainda creio neste pais, por pessoas como o capitao e seus comandados o juiz sérgio moro, e muitos outras autoridades que temos pelo pais viva a justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais Henrique Alves emitiu uma nota de esclarecimento. Dando total apoiu ao capitão. E vez elogios como o capitão foi muito bem educado. E desse mais é de pessoa assim que o Brasil precisa.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Após falta de atendimento pelo poder público gestante no quinto mês de gestação recorre ao Vereador Charton Rego

RECOMENDAÇÃO: Ministério Público recomenda que Prefeitura de Apodi cancele todos os convênios que possui com APAMI

Gestão bate meta e cumpre 26% das promessas de campanha em menos de um ano em Apodi

EM TEMPO: Negócios – Apesar do pouco tempo no mercado a San Valle já é sucesso em toda região