Pular para o conteúdo principal

Em Apodi opositores mentalizam e muitos engolem corda

Creche modelo é apenas um exemplo do mal uso dos recursos públicos
em gestões passadas que são consertadas pela atual
.
Em Apodi ocorre um fenômeno curioso. Opositores continuam mentalizando coisas, fatos e, transformação isso em verdades. O mais engraçado é que muitos engolem corda e acreditam na mentalização.

Opositores a atual gestão afirmam que suas administrações conseguiram todos os recursos para se fazer as obras que só hoje estão sendo entregues. Porém, opositores esquecem que, apesar de gestões passadas terem conseguido os recursos, essas mesmas gestões deixaram extravios exorbitantes nos recursos dessas obras. Quem diz isso não sou eu. São relatórios da Controladoria Geral da União (CGU).

Casos e fatos
É verdade que outros gestores conseguiram recursos para a construção de uma creche modelo em Apodi. Isso para eles é valido. Só mentalizam isso. Só que os mesmo esquecem que, segundo relatório da CGU, na mesma creche modelo do Apodi, ficou um extravio de R$ 320 mil. Isso travou essa obra, depois de constatado o fato desde que a nova administração assumiu.

Devido a esse problema de extravio e as demoras, o Apodi perdeu uma segundo creche modelo que a cidade ganharia se a primeira tivesse sido entregue a tempo e a hora. Só agora está ficando com cara de creche depois que a gestão do prefeito Flaviano destravou e botou.

É verdade que gestões passadas, quando administravam conseguiram recursos para obras como a UBS de Soledade. Isso eles mentalizam como um fato irrefutável.  Mas, é verdade também que, segundo a CGU, nessa mesma UBS se deixou extravio de cerca de R$ 75 mil. Foi um problemão que a gestão atual do prefeito Flaviano teve para destravar essa obra em virtude dessa constatação do relatório. Acho que no mês de Maio/2016 essa UBS será entregue a população de soledade.

É verdade que gestores passados conseguiram recursos para uma ponte molhada. Porém é fato que o relatório da CGU constatou que foi aplicado cerca de R$ 120 mil nessa passagem. Não foi encontrado uma pá e barro nela segundo o relatório.

Bom o desmantelo é grande nessas obras. Esses são apenas alguns casos onde opositores só mentalizam que conseguiram os recursos. Mas, esquecem que relatório informam que houve extravios. Com extravios, obras nenhuma andam nem chegam ao povo. A não ser que chegue um gestor com zelo pelo dinheiro público e refaça o que foi destruído, extraviado.

Levanto as mãos para o céu e agradecendo
Um foto que não podemos deixar de mencionar. Os recursos conseguidos por gestões passadas, onde não deu tempos dos mesmos meterem as mão nossos recursos e iniciarem as obras e a gestão atual começou do começou, as obras tiveram início, meio e fim. E, sem problemas, em questão de meses, no máximo um ano, foram entregues a população. É o caso das UBS de Santa Rosa, Córrego, Melancias. Nessas, só a título de exemplo, não deu tempo a gestões passadas começarem. Não mexerem nos recursos.  Nelas não houve extravio e logo forma entregues ao povo.

Assim, pergunto: Será que podemos levantar as mãos para os céus e agradecer por não ter dado tempo de gestão passadas começarem essas obras dessas UBS? Mesmo conseguindo os recursos?  Acho uma pergunta muito válida.

O que quero dizer aqui? O negócio não é só angariar o recurso. Isso é importante. Porém, o negócio mesmo que vale, é se ter o honradez de entregar a obra sem problemas, extravios, a tempo e a hora. Isso opositores não veem. Isso não é válido.

Alias, recursos extraviados vão para o ralo. Ninguém sabe o que houve com os recursos. são desperdiçados. Melhor fora que não se tivesse conseguido os recursos. Pelos menos não seriam extraviados. 

Mas, para quem ver um partido político como quem ver um time de futebol, todos esses fatos que constatei acima, não passa de abobrinha. Vão continuar mentalizando que as coisas só acontecem por que se angariou recursos. Os extravios não são contabilizados. Não valem.

O pior, o zelo que outro gestor teve em ter pego e consertado as atrocidades cometidas por outras gestões com o dinheiro público, são menos validas ainda. E assim, opositores vivem do transcendentalismo na política sebosa do Apodi. Com uma postura exotérica, assim vão fazendo pré-campanha.

Comentários

  1. Muito bem professor toinho, uma ótima matéria...
    Vamos que Vamos.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns professor Toinho essa é a pura verdade em Apodi.Mas,realmente tem gente engolindo corda desses opositores medi ocos.

    ResponderExcluir
  3. Se o cgu costatou tudo isso porque ate agora nao puniu os redponsaveis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenha calminha, pode esperar, a sua hora vai chegar.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio