Pular para o conteúdo principal

De que adianta mais um relatório sem a tomada de medidas cabíveis?

Técnicos do TCE pretendem fazer uma vistoria nas obras paralisadas de Apodi

Foto: Blog ApoDiario
Por Jânio Duarte

O prefeito de Apodi, Flaviano Monteiro participou ontem à tarde de uma reunião técnica no Tribunal de Contas do Estado – TCE com todos os municípios acima de 20 mil habitantes sobre as obras públicas que estão paralisadas.

Na oportunidade o prefeito Flaviano destacou o relatório da Controladoria Geral da União – CGU que constatou o pagamento de medições de algumas obras em Apodi, sem ter sido realizado o serviço. Flaviano também colocou a situação da escola municipal do Distrito de Melancias, onde foi pago um valor determinado, mas o serviço não foi executado, obra com recursos próprios.

Sobre essas situações os técnicos do Tribunal de Contas do Estado – TCE/RN pretendem fazer uma vistoria nas obras paralisadas de Apodi para em seguida buscar uma solução para sua conclusão e cobrar dos responsáveis o ressarcimento dos recursos público mal aplicado.

Participaram da reunião os secretários Klébia Karina e Samuel Nogueira e o engenheiro Júnior Tavares. O encontro foi considerado muito proveitoso pelo prefeito.
Blog ApoDiario
Nota do Blog
Olha, relatório já existe. O da CGU, ao meu ver um órgão super sério. O que o cidadão consciente quer é ação. De que adianta o TCE/RN vir aqui, gerar outros relatórios e nada acontecer depois? Eu por exemplo, descobri que paguei duas vezes o telhado da UBS de Soledade. Da primeira vez, foi feito e não pago, isso ‘segundo relato da CGU’.

Recentemente foi pago de novo com a retomada da obra. Ainda bem que agora foi pago e estar no lugar. Então, quanto a primeira vez, fica por isso mesmo? Os senhores entendem? Não adianta os tais dos técnicos do TCE vir aqui, fazer mais relatório e ficar o dito pelo não dito. Uns vão a radio dizendo que não foi nada disso, não houve nada de equivocado.

Ação, além de relatórios, o cidadão que paga seus impostos em dia quer ação. Esclarecimento dos fatos. Medidas concretas por parte das autoridades fiscalizadoras competentes. É isso que o (a) cidadão (ã) que paga seus impostos corretamente quer. 

Comentários

  1. Mas uma vez brilhante comentário caro blogueiro. Enquanto isso tem gente fazendo pouco do cidadão consciente nos meios de comunicação como se fosse a pessoa mais santa do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quero um pariser que traga a verdade. Se ouve irregularidade que seja esclaricida .quero saber quem ta com a verdade.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

Vereador Charton Rêgo propõe inclusão do ensino de LIBRAS em escolas do Município

Aconteceu nesta noite de terça-feira 14/11/2017 as 19hs na sede da Câmara Municipal de Apodi-RN, uma reunião convocada pelo Vereador da Política com Seriedade Charton Rêgo. Alunos apodienses do Curso de Libras (UFERSA, Campus Caraúbas) e membros da Comunidade Surda de Apodi, foram convidados para debater sobre o Projeto de Lei 136/2017 de autoria do Vereador Charton Rêgo que propõe a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no currículo escolar no âmbito municipal.
A PL (Projeto de Lei) que na sessão desta quinta-feira 16/11/17 será encaminhada as comissões, foi apresentada ao grupo que compareceu a reunião. Se aprovada e posteriormente sancionada pelo Executivo, a partir de 2018 a Secretaria de Educação terá obrigatoriedade de garantir acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, como rege a legislação federal que determina que uma série de medidas sejam tomadas pelos Estados e Municípios que visem tais garantias.
A PL ainda trata sobre a promoção de cursos de c…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio