OPINIÃO: Sobre Muitas Coisas

Por Lázaro Sousa

É incrível como a todo custo algumas pessoas tentam, de todas as formas, desmerecer as conquistas do povo e da classe política da nossa cidade. Tudo em nome de uma rivalidade politiqueira. Ficam rindo e torcendo para que não dê certo. Eis a UERN! Se é "migué" de período político ou não, como estão dizendo, o discurso não deveria ser o do desdém, mas sim o de somar forças para que não fique no papel.

Quando perdemos a UFERSA, estávamos sob outra administração, mas nem por isso esses que agora administram nossa cidade ficaram zombando por isso ou por aquilo, mesmo com toda a cúpula do partido da então atual administração envolvida na não escolha de Apodi para ficar com o campus. Pelo contrário, ainda lutamos mais um pouquinho.

Há alguns dias o prefeito vem sendo alvo de muitas críticas por parte daqueles que se dizem oposição devido à situação do trânsito. Tudo porque foi prometido que os tais amarelinhos não viriam para cá. Quando na verdade, o que foi dito não foi bem isso. Lembro-me perfeitamente (eu estava lá) que todo o dito foi que “NÃO SOMOS CONTRA A LEI, POR QUE SÓ APODI? OU É PRA TODOS OU PRA NENHUM.” Naquele momento o prefeito se comprometera com a luta. Jamais afirmou que Apodi estaria livre de fiscalização, até porque o prefeito não tem poderes para ficar acima da lei.

Mas em Apodi o povo tem memória curta e pela primeira vez depois de muito tempo estamos vivendo um momento político de transformação, que infelizmente incomoda muita gente. Muita gente que estava acostumada a ditar as regras; muita gente descontente por não ter ganhado uma “parcela”, ou melhor, uma “teta” para mamar. As pessoas não conseguem enxergar os benefícios trazidos por um trânsito bem organizado.

Acho incrível como algumas pessoas agora enchem a boca para dizer “filhos de Apodi”. De repente, alguns “blogueiros” e vereadores, ou melhor, pessoas que estão eleitas para o cargo, descobriram que Apodi é a cidade dos problemas. Mas um elogio não existe. Engraçado que há dois anos estava tudo perfeito.

Fiquei impressionado como muita gente, inclusive parte da classe universitária de Apodi, levantou-se em debate (mas só aqui no Face) sobre a questão de um ônibus que quebrou. “E o Óscar da culpa vai para... Flaviano!” Mas será que já se esqueceram de que problema de ônibus aqui já teve maiores? Não estou defendendo A ou B, nesse momento. Afinal, esse é um problema recorrente. Estou sim defendendo, como acabei de dizer, que o problema não é de agora e que, portanto, esse ou aquele não é o culpado universal por isso. Só para que fique mais claro como o problema não é de agora – e já esteve até pior – vamos lembrar-nos de quantas vezes esses ônibus já quebraram.

Quantas vezes já paramos no meio do caminho porque “a correia de transmissão quebrou”; quantas vezes ouvimos “deu o prego o ônibus”; “hoje não tem ônibus”. Muitos outros e eu fomos não só testemunhas desses fatos, mas também participantes. Quem não se lembra da ocasião em que o ônibus do seu Zé desceu a serra com mais de 120 alunos...? Um 1ª de novembro e todos gritando “se morrermos, amanhã já é dia de finados”. Quem não lembra o ônibus de Magnildo que diziam “tem que começar a frear antes da ladeira”? Esse mesmo ônibus, certa vez, quebrou a barra de direção e, por um milagre, o pior não aconteceu.

A estes problemas somem-se o fato de pagar uma taxa de quase R$ 80,00; motorista bêbado; motorista que parava para os alunos comprarem bebidas alcoólicas, entre outros. Mas em uma reunião sabe quantos apareciam? Nem um terço. Aí reclamar e botar a culpa em fulano de tal fica fácil quando tudo que eu tenho que fazer é botar “os dedos no trombone” e não a boca. Escrever o que quiser e argumentar o que quiser, trancado em um quarto, e jogar para o mundo é fácil.

Senhores, fiquem atentos! Não se deixem levar pelos discursos inflamados de quem na verdade discute sua causa. O discurso de quem torce pelo errado, para que tudo dê errado. Gente que ao invés de procurar lutar junto, procura sempre derrubar.

Nota do Blog
Ficamos felizes em ver que existem pessoas sóbrias, de opinião equilibrada. Opinião de quem não está inflamado por ter pedido isso ou aquilo. Pessoas que não deixam o partidarismo e a politicagem os contaminar. Que bom que existem pessoas que merecem nossa respeito e admiração como Lázaro Sousa. Ele sempre foi um dos meus melhores alunos e pelo que vejo na universidade segue o mesmo caminho. E o que é melhor, continua sendo uma pessoa de muito caráter. Parabéns excelente ponto de vista Lázaro.

Comentários

  1. Absurdo é o caso de vereadores,que são eleitos para defenderem o povo,a cidade e agora trancam a pauta,para impedirem a votação de algo suplementar de recursos,para que as contrapartidas das obras de 8 ruas para calçamento e o centro da cidade seja resolvido,a praça.Elegemos vereadores para serem contra a cidade?Que absurdo é esse ,gente se for verdade o que estavam condenando na praça e em bares da cidade hj a noite,vamos ter que buscar cada vereador que votamos e falarmos para ele que não queremos vereadores paradores de obras não e sim que deixem apodi crescer ,não votei em flaviano agora essa atitude não podemos fazer contra a nossa cidade.absurdo.

    ResponderExcluir
  2. Apodi tem muitas coisas boas, menos os políticos.

    Paulo Saulo

    ResponderExcluir
  3. Enquanto vemos o partidarismo tomando de conta dos universitários apodienses é bom ver que ainda existem aqueles que pensam e veem o que nunca receberam de outras gestões, mesmo com parte dos problemas do passado existindo.

    Os universitários achem como se nunca tivesse havido superlotação, quebra de ônibus, problemas. Na verdade a oposição, que nunca deu atenção aos universitários está infiltrada nos bastidores por meios de alguns deles, o pior, fazendo a cabeça de todos. Menos de Lázaro.

    ResponderExcluir
  4. apesar de não ter votado no prefeito e em vereador de oposição,vou cobrar do meu a responsabilidade dele de ajudar a liberar a construção do centro da cidade,pois não sou de acordo a vereador que é contra a cidade,isso não podemos aceitar.vereadores fiscalize,denuncie,agora atrapalhar o desenvolvimento da cidade,isso eu não aceito e vou cobrar lá na câmara pessoalmente,em conversa responsavel e de um bom cidadão em prol de apodi e contra esse absurdo.

    ResponderExcluir
  5. APODI AINDA TEM POLITICO OM ESSA MENTALIDADE,DE EMPURRAR APODI PARA TRAS? E VCS CONTERRANEOS AINDA VOTAM NESSE TIPO DE POLITICO?PINAM ELES NAS URNAS.

    ResponderExcluir
  6. porque ninguem da imprensa de apodi defende a cidade e condena a atitude de alguns vereadores que tentam impedir obras como calçamento e o centro da cidade,porque.engraçado essa omissão.

    ResponderExcluir
  7. o meu meu veriador num tem mais o meu voto,purque votei nele pra trabaiar pra apodi e naõ contra apodi isso ei num aceito

    ResponderExcluir
  8. esse rapaz não tem o que fazer não?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por favor, nos seus comentários use opinião responsável e com educação.

Postagens mais visitadas deste blog

Os maiores açudes do Nordeste

PANDEMIA: Confirmado – Coronavírus circula em Apodi

CURIOSIDADE: O sexo no mundo animal – tamanho do pênis

PANDEMIA: Apodi continua sem caso suspeito de COVID-19, afirma secretário Sabino

A construção das pirâmides do Egito