UFRN realiza Aula Magna com cientista do Prêmio Nobel de Física amanhã

Físico Peter Higgs
O cientista do Prêmio Nobel de Física que descobriu o Bóson de Higgs, também conhecido como “Partícula de Deus”, Gerard ‘t Hooft, é o conferencista da Aula Magna da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que será realizada nesta quarta-feira, 19, às 9h, no auditório da Reitoria.

O evento que simboliza o início do ano letivo na Instituição tem como tema: “The Newly Discovery Higgs Particle” (A recém-descoberta partícula de Higgs). A conferência terá tradução simultânea para o português e conta com a presença da reitora Ângela Maria Paiva Cruz.

A teoria ganhou fama como a “Partícula de Deus” por permitir a união das moléculas. Para os estudiosos da Física, sem o Bóson de Higgs as partículas não se uniriam para formar átomos e moléculas. Assim, o mundo seria composto apenas de fragmentos espalhados e soltos, conforme os acadêmicos.

Bóson 
Os estudos sobre o bóson foram desenvolvidos na década de 1960 e seu precursor foi Peter Higgs. Na década de 1970, quando Gerard ‘t Hooft resolveu o problema matemático em relação à massa das partículas, as pesquisas e as buscas começaram a aumentar de volume.

O professor Gerard ‘t Hooft trabalhou diretamente na fundamentação do modelo do Bóson do Higgs, que estabelece um novo mecanismo de geração de massa para campos de Gauge sem prejuízo para as invariâncias da teoria. As pesquisas no Grande Colisor de Hádrons (LHC em inglês), na Suíça, comprovaram a existência da Partícula Higgs, que é um ingrediente básico da interação eletrofraca analisada com profundidade por ‘t Hooft em suas pesquisas.
Matéria da AGECOM UFRN

Comentários