VIDA EM CRISTO: Retire as pedras

Então ordenou Jesus: tirai a pedra. Disse lhe marta irmã do morto: Senhor já cheira mal, por que já de quatro dias”, Jo. 11.39.

A ressurreição de Lázaro. Sem dúvida uma das paisagens mais belas e emocionantes da Bíblia Sagrada. Um dos milagres mais comentados do nosso Senhor Jesus entre todos os pregadores, teólogos e estudiosos de religião. Foi um dos acontecimentos que mais comoveu o nosso Senhor nas passagens bíblicas. “Jesus chorou”, Jo. 11.35.

Lázaro já havia falecido há quatro dias, sem dúvida, pelas leis da natureza os seus restos mortais deveriam já está em auto estado de decomposição. Durante a passagem que narra à ressurreição de Lázaro, Jesus busca entre os seus familiares, a demonstração de uma pequena centelha de fé que seja. Mas para Marta e Maria tudo é lamentação. Mesmo tendo conhecimento dos grandes feitos de Jesus.

Mas Jesus Cristo manda ‘tirar a pedra’. Pois bem, a pedra. Talvez esse seja um dos grandes problemas de nossa vida. Nós não tiramos a pedra. Muito pelo contrário, por vezes colocamos pedras onde não existem. Talvez ate um determinado problema que nos traga angustia não seja tão intransponível assim. Mas, infelizmente nós acabamos colocando pedras no caminho e onde não existe.

Muitas vezes para que um milagre possa ocorrer em nossas vidas, Deus simplesmente deseja que tiremos a pedra. Não sei qual é a pedra que te incomoda caro (a) leitora: Drogas? Doenças? Falta de um emprego? Angustia? Depressão? Opressão do diabo?

Nosso poderoso Deus quer que você tire as pedras do caminho para que as coisas melhorem na sua vida e milagres possam acontecer. Sei que muitas vezes parecemos acabados, sem forças e é ai que precisamos pedir ajuda a outras pessoas para que pedras sejam retiradas dos nossos caminhos.

Senhor, sei que somos insignificante e pequenos. Mas Tu és grande e poderoso mais que qualquer problema que possa existir. Aumente nossa fé e que possamos tirar as pedras que atrapalham nossa jornada para que possamos usufruir cada vez mais do seu imenso amor pela humanidade.

Comentários