Pular para o conteúdo principal

Carnaval de Apodi vai trazer é prejuízo financeiro a cidade

Fico observando os números que a Prefeita Municipal do Apodi (PMA) vai colocando na realização do carnaval desde ano e se formos analisar as receitas e desprezas, vejo que a cidade ficará no prejuízo financeiro.

Analisando somente o lado financeiro da coisa, a PMA vai gastar cerca de R$ 2 milhões no evento (estou na dúvida se os gastos de quase 1 R$ milhão com hospedagem e refeição são referentes ao carnaval), que é um valor exorbitante para nossa realidade. Suponhamos que haja na cidade durante o carnaval 300 casas alugadas a R$ 1000,00 uma pela outra, isso renderia a cidade cerca de R$ 300.000,00.

Será que o faturamento líquido da rede hoteleira da cidade chegará a R$ 150.000,00 durante o evento? Será que juntando todos os ambulantes o rendimento líquido de todos juntos chegará a R$ 30.000, suponhamos.

Será que o faturamento líquido da rede de churrascaria e restaurante da cidade poderia chegar a R$ 150.000,00? Quanto às lojas futuram nesse período? Sou péssimo com números, talvez esteja até fazendo você rir com esses números que estou colocando. Possivelmente sejam valores que com certeza talvez não correspondam à realidade.

 Mas o que quero que fique claro pelos valores colocados pela PMA é que o faturamento líquido das pessoas que vendem durante o evento, possivelmente não cubra os valores que a PMA está colocando para a realização do carnaval 2011.

A PMA além de está realizando o carnaval mais desorganizado que já vi pelo menos até agora, ela está também inflacionando demais a realização do evento em si.

A organização do carnaval apodiense precisaria passar para as mãos da iniciativa privada. Deveria ser realizados pelas cervejarias, pelos próprios blocos, empresários da cidade, etc. Um carnaval realizado por terceiros evitar-se-ia possíveis superfaturamentos no orçamento do evento. A PMA ficaria, mas com a parte de logística.

Comentários

  1. que vacina boa para crise municipal é carnaval?pois é inadmissivel que uma prefeitura que não pode pagar um onibus gratuito para universitarios,tenha tamanho interesse de gastar dois milhões em um carnaval,de quem sera realmente o grande lucro deste carnaval?

    ResponderExcluir
  2. É e o que mais me doe é que um bocado de estudante votarão em Goreti em 2014.

    ResponderExcluir
  3. . A música do Reginho vai agitar a galera neste carnaval. Assista ao vídeo e vá treinando: http://bit.ly/i29Rzi Sem camisinha? Vou não, posso não!

    Siga-nos no Twitter e fique por dentro desta campanha: www.twitter.com/minsaude
    Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br ou www.formspring.me/minsaude
    Obrigado,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir
  4. é mesmo se não tivesse o carnaval,vc ia ver a maior revolta de apodi,o povo quer é festa,bagunça,prostituição,drogas,violencia,so bagaceira...o resto q se daaaaaaaaaaaaaaaannnnnnnnnnnnnnnnneeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee....

    ResponderExcluir
  5. É válido salientar que o Carnaval de Apodi é um dos melhores, senão o melhor da região. O investimento da PMA não é superior ao de Areia Branca, por exemplo, que investiu muito em bandas locais e outras da Bahia.
    As atrações do Carnaval de Apodi são de bandas locais e outra da Bahia (Bonde do Maluco) que o contrato não é tão caro! A pesar disso, o Carnaval é um dos mais falados e procurados.

    Carnaval é em Apodi!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

APODI: Mulher dá a luz a uma Criança dentro de um carro

Há tempos prometi para mim mesmo deixar de falar aqui sobre os desmandos do Apodi. Tenho cumprido. Mas, hoje um fato me chamou atenção e é impossível não narrá-lo aqui.

Desde que convênio entre a PMA e a maternidade Claudina Pinto do Apodi deixou de existir, mães de Apodi, bem como de outros municípios que usavam os serviços da maternidade, ficaram um tanto quanto órfãos no que diz respeito à natalidade.
Na tarde deste domingo, 08, um fato triste se deu aqui em Apodi com relação a natalidade. Uma mulher deu a luz dentro de um carro aqui na cidade do Apodi. Um fato triste. Como a maternidade Claudina Pinto faz falta a uma população de 35 mil habitantes e para a região. Lamentável que, na atualidade, isso é considerado  agora normal, uma mãe parir dentro de um carro. Até algum tempo não era normal. Se acontecesse o mundo caia.
Que triste. Vir ao mundo em um carro? Acho que todos tem direito de nascer dignamente. Que saudade da atuação daqueles justiceiros que fizeram grande manifestação co…

APODI: DNIT quer demolir residência e desapropriar moradores que se encontram as margens da BR 405 no Distrito de Melancias

D. Mariana Carvalho, que mora no Distrito de Melancias, zona rural do Apodi, Oeste do RN, está aflita. Está prestes a perder sua residência e ser desapropriada.
O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura do Trânsito) está querendo demolir sua residência juntamente com a residência do Pr. Gilberto de uma congregação do Distrito.

D. Mariana nos conta que há 01 ano recebeu uma visita do DNIT, notificando sua residência e a residência do Pr. Gilberto. O DNIT alega que sua casa e a do pastor na na área territorial do DNIT.
Ora, qual é esse critério do DNIT para decidir a esse respeito? Dezenas de centenas de casas em Melancias encontram-se as margens da BR 405. Muitas distantes, 05, 07, 10 metros da BR. Em Apodi mesmo, inúmeros estabelecimentos comerciais e casar estão praticamente dentro da BR 405.
Segundo nos relatou D. Mariana, sua residência encontra-se distante 28 metros da BR 405 que corta o Distrito de Melancias. Bem mais distante que diversas outras casas e estabelecimentos comerc…

INCIDENTE: Motorista mergulha carro da prefeitura do Apodi em rio