quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

PÁGINA POLICIAL

Modelo é preso com 1kg de Crack

Rio de Janeiro - Ela foi detida quando desembarcava, por policiais da Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae). A modelo vinha de São Paulo, trazendo a droga para ser entregue a traficantes de favelas do Rio.

Segundo a polícia, Agnolha trabalhava para o traficante conhecido como Gino, que está preso na Paraíba.

Presa na noite de segunda-feira (1º), quando chegava na rodoviária do Rio, Agnolha Lúcio da Silva, de 24 anos, contou que queria tentar a carreira de modelo em São Paulo, quando saiu da Paraíba aceitando transportar um material ‘desconhecido’. O que a polícia encontrou com ela foi uma pedra de 1 kg de crack em estado bruto.

“Aceitei por necessidade. Não sabia o que era, não abri a bolsa. Me falaram que eram remédios que não eram vendidos em farmácia. Mas tratei com as pessoas por telefone, não sei quem são”, afirmou ela, na Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae), a poucos quilômetros de onde foi presa.
Fonte: G1

Duas mulheres e um homem são presos acusados de tráfico de drogas em Mossoró

Mossoró - A Polícia Militar prendeu em flagrante na última segunda-feira, por volta das 23h, no bairro Alto da Conceição, em Mossoró, duas mulheres e um homem acusados de tráfico de drogas.
De acordo com a PM, a viatura 212 abordou em atitude suspeita o jovem Walison Diego Souza, 18 anos, e com ele os policiais encontraram seis pedras de crack. Ao ser interrogado de onde teria conseguido a droga, o rapaz informou que era viciado e teria comprado de duas mulheres identificadas como Tainara Almeida Dumont, 18 anos, e de outra conhecida somente como 'Celina'.

Os policiais foram com o viciado à Rua Flávio Oliveira, 17, próximo a Favela do Pantanal, onde residem as duas traficantes. Chegando ao local indicado, eles prenderam Tainara Almeida com 104 pedras de crack, sendo 69 pedras pequenas e 35 grandes.

Os acusados foram encaminhados à Delegacia de Plantão de Mossoró, no Alto de São Manoel, onde foi lavrado o flagrante e depois encaminhados à Delegacia de Narcóticos (Denarc), onde foram ouvidos pelo delegado Denis Carvalho e autuados por tráfico de drogas.

O jovem Walison Diego, por ser viciado, foi liberado após ser ouvido e lavrado o Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO).
Fonte: O mossoroense

Acusado de tentar matar ex-esposa se apresenta à polícia

Apodi - Um homem identificado como Roberto Gurgel Diógenes, 27 anos, se apresentou na tarde de ontem, na Delegacia Civil de Apodi. Ele é acusado de ter tentado mata a ex-esposa e um homem no escritório da Rede Oeste Supermercados, na última segunda-feira.

De acordo com a polícia, o acusado se apresentou com um advogado e foi ouvido pelo delegado Luiz Antonio, onde contou os motivos que o levou a atentar contra a vida da ex-companheira.

Roberto Gurgel Diógenes invadiu o local de trabalho da vítima, armado, e efetuou vários disparos contra sua ex-esposa Marília Lidiane Alves e Alcivan Leão da Silva, que foram atingidos nas costas e nos braços.

As vítimas foram socorridas por populares ao Hospital Regional de Apodi e em seguida transferidas para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró.
Fonte: O mossoroense.

Um comentário: