quinta-feira, 29 de setembro de 2016

China confirma o que astrônomos temiam: sua estação espacial cairá na Terra

Reprodução.
Foram quatro anos na órbita da Terra e, finalmente, a primeira estação espacial da China está voltando para o planeta. A forma como esse retorno está acontecendo, porém, não será nada tranquila.

De acordo com a agência de notícias Xinhua, autoridades locais já revelaram que a estação Tiangong-1 provavelmente vai colidir com a atmosfera terrestre em 2017. O anúncio é acompanhado com apreensão pela comunidade internacional.

H;a eases que astrônomos especulam que a China havia perdido o controle sobre um dos módulos da estação. A expectativa agora é saber se a Tiangong-1 entrará na atmosfera de maneira “natural”. Se sim, há como controlar os danos.

Com base em nossos cálculos e as análises feitas pelos nossos especialistas, a maior parte do laboratório espacial irá queimar durante a queda ainda. Assim, acreditamos que a entrada [na Terrra] não causará problemas”, afirmou Wu Ping, vice-diretor do escritório de engenharia espacial da China.

A estação terminou seus serviços em março de 2016. Desde então, especula-se que ela cairia sem rumo. O gov erro chinês, no entanto, nunca havia emitido um comunicado sobre o assunto.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

TRAGÉDIA NA CARREATA: Vice-governador de Goiás é baleado; candidato à prefeitura morre

Reprodução/YouTube
O vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), foi baleado no abdomen durante carreata nesta quarta-feira, dia 28, em Itumbiara, região sul do estado. Um atirador atingiu quatro pessoas e foi morto por membros da segurança do vice-governador, segundo informações do portal G1.

De acordo com a assessoria de imprensa do Governo de Goiás, o homem em um carro parou na frente do veículo onde Eliton estava e efetuou diversos disparos.

O candidato à prefeitura de Itumbiara José Gomes da Rocha (PTB), que também estava no carro, foi baleado e morreu. Um colaborador da campanha, ainda não identificado, e um PM da escolta também foram atingidos.

Eliton foi socorrido e levado para um hospital. A assessoria de imprensa do governador afirma que o vice está passando por uma cirurgia. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

Internautas apontam corrupção como o maior problema das cidades brasileira mas insistem em eleger corruptos

Reprodução. 
O site Uol fez uma enquete (CLIQUE AQUI) questionando sobre qual seria o problema mais grave das cidades brasileiras. Como era de se esperar, a corrupção ganhou disparado.

A corrupção é apontada como o principal problema em 341 cidades. Entre as 26 capitais onde haverá eleições, em 12 a corrupção é vista como o maior problema da cidade. Segundo a enquete, até as 15 h desta quarta-feira (28), aproximadamente 302 mil pessoas em todo o país já haviam respondido à enquete.

Saúde, educação e segurança pública seguem logo ali. Já tenho essa opinião há tempos. A contradição nisso tudo é que se o eleitor acha a corrupção o maior problema, ele, o eleitor, continua preferindo votar em corruptos ou em seus familiares. Algo vitalício. Tipo dinastia. 

Suas roubalheiras estão sempre diante de nós. Escancaradas, a nossas vistas. Mas, não tem jeito. Entre o honesto e o corrupto o povo boa parte da vezes tem preferido os corruptos. Pesquise e será constatado. Trágico, contraditório, cômica, irônico ou o que mais? 

É como estou cansado de postar aqui. Com a corrupção permanecendo encravada na vida pública, o dinheiro para a infraestrutura das cidades, saúde, educação e segurança pública, saneamento, geração de emprego, esporte, lazer, cultura, etc. dentre outros graves problemas estarão sempre em constante falta. Não tem como sobrar. 

Nunca sumirão. Por que a corrupção, o desvios, estarão sempre lá. Como um fantasma a nos perseguir. A empobrecer as nossas cidades e contribuintes. 

STF transfere para Justiça Federal de Brasília inquérito que investiga Cunha

Reprodução.
Por Mariana Oliveira

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, enviou para a Justiça Federal de Brasília inquérito que investiga o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o empresário André Esteves e o ex-presidente da Construtora OAS José Aldemário Pinheiro, o Léo Pinheiro.

Os três são alvos em apuração de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por suspeita de que Cunha teria atuado em parceria com Léo Pinheiro para vender emenda parlamentar que teria beneficiado o banco BTG Pactual.

No ano passado, Eduardo Cunha negou ter atuado para beneficiar o BTG Pactual e afirmou que a emenda que apresentou era contrária aos interesses do banco. O BTG negou que tenha feito pagamentos ao ex-deputado em troca de benefícios.

Com a perda do mandato de Eduardo Cunha, o relator entendeu que o caso não deve mais tramitar na Supremo Tribunal Federal porque agora nenhum dos investigados tem o chamado "foro privilegiado", pelo qual só poderia ser julgado pelo STF.

Governo e servidores deliberam pagamento por faixas salariais

O Governo do Estado recebeu na manhã desta quarta-feira (28), uma comissão composta por representantes de diversos sindicatos da Administração Direta e Indireta, para acompanhar os trâmites do fechamento da folha de pagamento do mês de setembro. Pela primeira vez, uma gestão estadual deliberou, com servidores, a forma como o pagamento de salários deve ser feita; neste caso, que os vencimentos sejam pagos a servidores ativos, inativos e pensionistas ao mesmo tempo, por faixas salariais.

Durante a reunião, o Secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, fez uma exposição da situação financeira do RN. “A frustração de receitas já ultrapassa o montante de 300 milhões de reais neste ano. Tivemos queda significativa no Fundo de Participação dos Estados, fundo este que representa 40% das nossas transferências federais”, explicou, justificando por que ainda não é possível definir o calendário de pagamento do mês de setembro.  Ele lembrou, ainda, que os cortes no custeio vêm sendo feitos sistematicamente desde o início da gestão.

O objetivo da comissão é divulgar as contas das receitas e despesas do Estado para que os servidores também possam opinar as prioridades de pagamento e decisões de forma democrática. Esta foi a primeira reunião do grupo, que deverá se encontrar mensalmente. Para a secretária Chefe da Casa-Civil, Tatiana Mendes Cunha, "essa transparência permite que os servidores possam acompanhar a situação de crise financeira que o Estado enfrenta e opinar sobre a melhor forma de enfrentá-la, afinal esse problema não é apenas do Governo, mas do Estado inteiro."

Estiveram presentes à reunião, ainda, a Secretária de Comunicação, Juliska Azevedo e representantes dos sindicatos Sinai, Sinpol, Sintauern, Sindifern, ABMRN, Sindsaúde, Sindasp, Sinsp, Adepol e Sintern.
Assecom-RN

A coligação para Apodi continuar avançando encerrar campanha de rua hoje, 28

Clique para ampliar.
Quem está encerrando sua campanha de comícios do pleito/2016 pelas ruas do Apodi no dia de hoje, 28, é a coligação para Apodi continuar avançando, com a sua vigília. A concentração sairá pelas imediações da AABB, siará pelas ruas do Apodi e será concluída no calçadão da lagoa com comício. Pelo jeito a festa promete. 

Salários dos funcionários do mês de Setembro da prefeitura do Apodi estão na conta

Reprodução.
A Prefeitura municipal do Apodi iniciou hoje, quarta-feira, 28 e concluirá nesta quinta-feira, 29, o pagamento dos servidores municipais referente a folha do mês de setembro/2016.

Hoje receberão os servidores de todas as secretarias, incluindo os comissionados. Amanhã será a vez dos servidores da Educação.

A atual administração municipal tem se empenhado para manter em dia o salário dos servidores pagando sempre dentro do mês.

Justiça Eleitoral divulga Portaria Conjunta da 35ª/45ªZE nº 07/2016 da Lei Seca

Clique para ampliar.
A Justiça Eleitoral da 35ª e 45ª Zona divulgação da Portaria Conjunta 35ª/45ªZE nº 07/2016, que trata da "Lei Seca", que costumeiramente é expedida a cada eleição para suspender a venda e consumo de bebidas alcoólicas no âmbito dos municípios de Apodi, Felipe Guerra, Itaú, Rodolfo Fernandes e Severiano Melo.

A suspensão compreende o período de 18 horas de 1º de outubro (sábado) até as 18 horas do dia seguinte (02), dia de votação.

A portaria está publicada no Diário da Justiça Eletrônico do TRE-RN desde 15.08.2016, disponível no site.

Por Thiago Capistrano Andrade
Chefe de Cartório 35ªZE - Apodi/RN
TJAA - Mat. nº 30024575

Não seria um tanto quanto contraditório para alguns professores do Apodi?

Adicionar legenda
Não seria um tanto quanto contraditória para parte professores do Apodi?

Por que, veja bem. Fizeram uma campanha forte e justa por reajustes. Hoje, boa parte fazem campanha forte contra os atuais gestores no pleito. Só que muito do que acontece aqui é consequência da administração a nível federal. Não é verdade?

E por mencionar a nível federal, até ensaiam uma supostamente indignação quando um ministro do governo Temer (PMDB), que segundo o portal mídia popular, afirma: "Eles (os professores) têm férias de 45 dias, aposentadoria especial, descanso pedagógico, piso nacional e até lanche grátis". Que outro trabalhador possui tantas regalias? É preciso enxugar tudo isso ou o país continuará quebrado".Mas, não têm vergonha de correr atrás do PMDB do Apodi em uma passeata. Qual a diferença entre os dois PMDBs, o da PEC 241 e daqui?

Não se trataria da “mesma vertente” que está trabalhando forte nos bastidores para aprovar a PEC 241, que limita os gastos nessa área por 20 anos. Isto traz impactos muito negativos para o funcionalismo da União, estados e municípios, que poderá ficar com salários congelados por duas décadas?

Ora, se muitos dizem estarem protestando contra os gestores na atual eleição, por ventura não haveria outra opção além do PMDB no pleito desse ano para se protestar? Que contraditória não? O partidarismo não é foda mesmo?

MANIPULAÇÃO: Instituto condenado pela justiça volta a fraudar pesquisa, agora em Macaíba

Reprodução.
A coligação Pra cuidar da Gente, que disputa a eleição em Macaíba, está acionando a Justiça para impedir a divulgação da pesquisa realizada pelo Instituto Certus, anunciada neste domingo.

Este não é o primeiro caso de suspeita de fraude do instituto no Estado, que já foi condenado pela justiça a suspender divulgações de pesquisas manipuladas para beneficiar candidatos.Na última quinta-feira, a juíza da 29ª Zona Eleitoral, Aline Daniele Belém Cord eiro Lucas, suspendeu a divulgação de uma pesquisa de intenção de voto elaborada pela empresa Certus em Assú.

Quem divulgar a pesquisa da Certus pagará multa no valor de R$ 100 mil. Em Macaíba, a pesquisa divulgada hoje, que difere totalmente da realidade no município, também deverá ser impedida pela Justiça Eleitoral. A população deve ficar atenta às decisões da Justiça.

Advogados indignados com fraudes em pesquisa.
RN Verdade

terça-feira, 27 de setembro de 2016

TAIS BRINCANDO: "É preciso enxugar regalias dos professores para equilibrar cofres de estados e municípios", diz governo federal

"Eles têm férias de 45 dias, aposentadoria especial, descanso pedagógico, piso nacional e até lanche grátis". Que outro trabalhador possui tantas regalias? É preciso enxugar tudo isso ou o país continuará quebrado", dizem burocratas do MEC.

Imagem: Agência Brasil
Por Fábio Assunção, Brasília

Desde que assumiu ilegitimamente a presidência da república, Michel Temer mira seus canhões no setor público do país. Não à toa, sua principal medida até aqui é a edição da PEC 241, que limita os gastos nessa área por 20 anos. Isto traz impactos muito negativos para o funcionalismo da União, estados e municípios, que poderá ficar com salários congelados por duas décadas.

Nessa linha de ataques ao setor público, o governo federal começa a fazer dobradinha com prefeitos e governadores no sentido de atingir ainda mais negativamente o pessoal do magistério. Segundo técnicos do MEC, redes estaduais e municipais de educação são gigantes demais e consomem muito dinheiro de estados e municípios. "É preciso enxugar, pois 12 estados cogitam declarar calamidade financeira", alardeiam no site da Agência Brasil.

Uma das principais saídas em discussão entre Temer e gestores de estados e municípios é o "enxugamento" de supostas regalias dos professores. "Eles têm férias de 45 dias, aposentadoria especial, descanso pedagógico, piso nacional e até lanche grátis". Que outro trabalhador possui tantas regalias? É preciso enxugar tudo isso ou o país continuará quebrado", dizem burocratas do MEC.

As representações dos educadores, no entanto, ponderam que o problema é outro. "Temer que enxugar o setor público para fazer caixa e manter com ainda mais privilégios meia dúzia de grandes empresários e banqueiros que financiaram o golpe de Estado no país", declara a professora Ana Beatriz, de Brasília.

Para combater mais arrocho, CUT e CNTE preparam uma greve geral em todo o Brasil. "Temer e aliados devem fazer enxugamento é nos lucros dos ricos que se acham donos do Brasil", alertam os sindicalistas.

Diretor da ADUERN alerta para o risco dos “Professores e professoras da UERN podem ficar sem o pagamento do mês de Setembro e do 13º salário”

Em vídeo, diretor da ADUERN alerta para o risco dos “Professores e professoras da UERN podem ficar sem o pagamento do mês de Setembro e do 13º salário”. Assista vídeo:

OPERAÇÃO IMPACTO: Justiça condena Dickson Nasser a 12 anos de prisão por peculato e formação de quadrilha

Reprodução.
O juiz Raimundo Carlyle, da 4ª Vara Criminal de Natal, condenou o ex-vereador Dickson Nasser a uma pena de 12 anos e cinco meses de reclusão pela prática dos crimes de peculato e formação de quadrilha – 72 vezes. O magistrado condenou ainda outras oito pessoas, à época dos fatos lotadas no gabinete do ex-vereador, pela prática dos mesmos crimes. Segundo a denúncia do Ministério Público, feita a partir de um desdobramento da Operação Impacto, Dickson Nasser articulou um esquema de desvio de dinheiro público no âmbito de seu gabinete na Câmara Municipal de Natal através da nomeação de pessoas para o exercício de cargos comissionados condicionada à entrega dos cartões bancários e respectivas senhas de seus funcionários, repassando-se os salários dos servidores ao então vereador através de depósitos na conta deste. O dano ao erário seria de R$ 109.665,49.

Segundo a sentença, os réus deverão ainda perder perder seus cargos, funções públicas ou mandatos eletivos, “seja na função que exerciam à época dos fatos ou em outra que por ventura exerçam no presente”, tendo seus direitos políticos suspensos. “As condutas são graves e a predisposição ao crime foi intensa, visto que, além da falta de comprometimento no exercício de seus cargos, aqueles exerciam função de confiança em gabinete na Câmara Municipal de Natal e se valeram desse posto para agir livremente com seu intuito criminoso, (…) o que demonstra a ousadia e completo desrespeito à ética e moralidade administrativas”, aponta o julgador.

Todos os réus poderão recorrer em liberdade.

O caso
No dia 10 de julho de 2007, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão realizado na Câmara de Vereadores de Natal por ocasião da Operação Impacto, foram apreendidos no interior do gabinete do então vereador Dickson Nasser, diversos cartões bancários da Caixa Econômica Federal, juntamente com as respectivas senhas, de titularidade dos assessores do gabinete Antônio Paulino, José Mascena, Maria do Livramento Fonseca, Maria Lourdes Fonseca, Regina Celi e Verônica Fonseca – todos condenados pelo juiz Raimundo Carlyle. LEIA MAIS...

Juíza proíbe divulgação de pesquisa encomendada por Túlio Lemos: “Dados não correspondem à realidade de Macau”

Em Macau já foram divulgadas duas pesquisas registradas até os dias de hoje. Mas os candidatos Tulio Lemos e Aladim, teriam feito pedido de registro de pesquisa encomendada pelos mesmos.

No entanto: Entendeu a juíza, Drª Andreia Cabral Antas Câmara que o questionário utilizado na pesquisa RN-06156/2016, registrada em 22/09/2016, não faz menção a Maurício Andrade, que protocolou requerimento de registro de candidatura a Prefeito do Município de Macau perante a Justiça Eleitoral em 19/09/2016, em substituição a Luiz Cláudio, cujo registro foi indeferido por meio de sentença que transitou em julgado no dia 17/09/2016, decidindo que:

Desse modo, vislumbro elementos que evidenciam a probabilidade do direito invocado na representação. Por outro lado, o perigo de dano resta configurado, na medida em que, persistindo a divulgação da pesquisa da forma como realizada, passará aos eleitores dados que não correspondem à realidade do momento das entrevistas, podendo trazer prejuízo a candidatos”.

Pois bem: Com a posição determinada na resolução da Juíza eleitoral, da comarca de Macau, fica então determinado que qualquer divulgação da pesquisa identificada acima, acarretará multa de R$ 20.000 (vinte mil reais).

Fica também compreendido que a pesquisa não preenche os requisitos da legalidade eleitoral brasileira.

Setença (clique para ampliar): 
Clique para ampliar



RN Verdade

IGARN divulga dados atualizados da situação dos reservatórios do RN

Reprodução.
O Instituto de Gestão das Águas do RN (IGARN) possui como uma de suas atribuições o monitoramento do volume de águas nos reservatórios do estado. Ao todo, 47 reservatórios são monitorados.  As últimas análises demonstraram que este volume de águas continua reduzindo nos açudes vistoriados, resultado da escassez de chuvas.

O último relatório de situação volumétrica, datado do dia 23 de setembro, indica que 21, dos 47 reservatórios do estado, com capacidade acima de cinco milhões metros cúbicos, já estão em volume morto ou secos. Se a estiagem permanecer na próxima estação chuvosa, outros 10 chegarão à mesma situação em período inferior a 12 meses.

Maior reservatório do estado, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, com uma capacidade de 2,4 bilhões de metros cúbicos, atualmente possui 453,4 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 18% do seu volume máximo. Já a Barragem de Umari está com 13,82% da sua capacidade, o que na vazão atual suportará até agosto de 2017.

Na região do Seridó, o açude Itans está com 2,24% de sua capacidade o que já caracteriza volume morto. O Açude de Cruzeta na mesma região com menos de 1% também está em volume morto.

Em termos percentuais, 44% dos açudes do estado já se encontram em volume morto ou secos. Até dezembro deste ano outros 5 podem chegar à mesma situação, o que aumentaria a porcentagem para 52%. Os dados atuais apontam que, nas condições atuais de uso, dois reservatórios possuem volume suficiente para chegar a 2019 e apenas um entraria 2020 sem estar no volume morto.
Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte - IGARN
Assessoria de Comunicação

Candidato a prefeito de Parazinho anuncia doação integral de salário para obras sociais

Por Jeanny Damas

Candidato a prefeito no município de Parazinho, o empresário Newton Bacurau (PSD) anunciou, nesta segunda-feira, no comício de encerramento do centro da cidade, que vai doar todo o salário de prefeito para a realização de obras e projetos sociais. O compromisso será registrado em cartório nesta terça-feira. O salário de prefeito de Parazinho é de 14 mil reais. Participaram do comício, o maior já realizado no município, os deputados estaduais Gustavo Carvalho (PSDB) e Kelps Lima (SDD), este último que tem Marconi Paulino, do Solidariedade, indicado da chapa como candidato a vice-prefeito.

Assumo aqui em praça pública o compromisso de doar integralmente meu salário de prefeito para a realização de projetos e obras sociais em Parazinho”, anunciou o Bacurau, empresário que realiza um trabalho social no município há mais de seis anos. Bacurau destacou ainda em seu discurso as propostas contidas no seu plano de Governo, lembrando que Parazinho é o segundo município do Estado que mais arrecada proporcionalmente, mas que os recursos são mal redistribuídos para a população. “Em Parazinho falta gestão. Vamos transformar esta cidade num município modelo em desenvolvimento e também na forma de cuidar das pessoas. Com honestidade, transparência e trabalho”.

O deputado estadual Gustavo Carvalho destacou a capacidade de Bacurau e disse que Parazinho precisava analisar as propostas apresentadas por ele. “Aqui já estou prevendo uma vitória. Vocês vão escrever história elegendo um homem preparado e honesto, que não precisa de Prefeitura pra viver. Os adversários estão desesperados com a derrota”, disse Gustavo. Kelps Lima disse conhecer também o potencial de Bacurau e hipotecou o apoio do seu mandato ao candidato. “Terá todo o nosso apoio, porque será uma gestão moderna e comprometida com o povo. Sejam vigilantes até o fim e combatam as mentiras”.
Assessoria de Imprensa